O estilo de Rita Hayworth



Por Gabriela Lira –


A atriz norte-americana Rita Hayworth é lembrada no cinema especialmente por suas personagens femme fatales. Roupas ajustadas, sofisticadas e sensuais faziam parte do guarda-roupa das personagens a que Hayworth deu vida, no entanto, no seu dia a dia, a atriz era uma mulher discreta, de estilo casual e muito introvertida. Conheça um pouco mais do estilo de Rita e se inspire.

(Foto: Reprodução)

ESTAMPAS E ALFAIATARIA

As estampas estão bem presentes na moda de Rita Hayworth. Xadrez, quadriculado e listras podem ser observados em camisas de verão e de mangas longas. Na parte de baixo, a ‘Deusa do Amor’ (como era conhecida) gostava de usar calças de alfaiataria de cintura alta e que fossem largas na região das pernas, tudo isso acompanhado de belos cintos. As cores das calças costumavam ser neutras, como o preto, caramelo e cinza, por exemplo.

(Fotomontagem/Reprodução)

(Fotomontagem/Reprodução)


O VESTIDO DE CASAMENTO

Rita casou-se cinco vezes e o vestido mais famoso foi o que ela usou no matrimônio com o embaixador do Paquistão, Ali Aga Khan, em 1949. O modelo azul claro e de corte reto foi desenhado pelo estilista francês Jacques Fath. Ela usou ainda um belo chapéu de abas largas e um par de brincos delicados.

(Fotomontagem/Reprodução)


EM FESTAS

Como qualquer outra atriz, Rita Hayworth frequentava os eventos glamorosos de Hollywood, e nessas ocasiões a musa precisava estar vestida como uma verdadeira estrela. Ainda assim, é nítido como ela conseguia imprimir nos visuais muito do seu gosto pessoal. Em diversas oportunidades era vista usando vestidos com casacos de pelo por cima. Os casacos, aliás, a acompanhariam por quase toda vida, sendo uma peça coringa em seu guarda-roupa.

(Fotomontagem/Reprodução)

(Fotomontagem/Reprodução)


UMA MULHER VAIDOSA

Embora não fosse tão chamativa como outras atrizes de sua época, Rita possuía brilho próprio e era uma mulher extremamente vaidosa. No documentário Rita (2003), a filha da atriz, Yasmin Aga Khan, diz que na penteadeira da mãe podiam ser vistos frascos e mais frascos de cremes e outros cosméticos, e que Rita possuía um enorme medo de ficar velha. Ela nunca soube lidar bem com a velhice. Ainda de acordo com Yasmin, a mãe foi a principal responsável por desenvolver a vaidade nela e era uma pessoa muito atenta aos cuidados com a pele.

(Fotomontagem/Reprodução)

(Fotomontagem/Reprodução)


MÃOS E CABELOS

As unhas de Hayworth eram longas e geralmente pintadas de vermelho. Suas mãos estavam sempre impecáveis, bem como os seus cabelos, que passaram por diversas tinturas, entre elas o ruivo, castanho e loiro platinado. Madeixas soltas e onduladas na cor castanha foram as mais usadas durante os intervalos de tempo em que a atriz não precisava interpretar nenhuma personagem em filmes.

(Fotomontagem/Reprodução)

(Fotomontagem/Reprodução)




Sobre a autora:



Gabriela Lira tem 21 anos e é apaixonada por cinema clássico e história da moda. Fã de Alfred Hitchcock e Machado de Assis, tem como algumas de suas maiores inspirações estéticas o glamour da Old Hollywood, o estilo excêntrico das pachucas da década de 40 e as atrizes Jayne Mansfield, Betty Grable e Rita Hayworth. Não dispensa uma boa poesia, uma caixa de chocolates e algumas boas canções do Led Zeppelin. Além de colaborar com o Império Retrô, escreve sobre beleza e estilo vintage em seu blog pessoal.

Império Retrô

Criado em 2010 por Rafaella Britto, o blog Império Retrô aborda a influência do passado sobre o presente, explorando os diálogos entre moda, arte e comportamento.

2 comentários:

  1. Ficou maravilhoso <3 <3 Orgulho de estar colaborando com esse projeto lindo!

    ResponderExcluir