Beleza Eduardiana: tutoriais de penteados diretamente de 1911



Por Rafaella Britto –



Ainda muito antes do advento das blogueiras e youtubers, os tutoriais de beleza recheavam as folhas das publicações destinadas às moças. Dentre as mais influentes revistas femininas da primeira metade do século 20 estão a britânica Girl’s Own Paper, publicada de 1880 a 1956. A revista trazia em suas páginas, além de conselhos de etiqueta e novelas serializadas, as novidades acerca das últimas tendências da moda para as garotas de aguçado senso fashion. Durante a Era Eduardiana, estas garotas vaidosas desfilavam pelas ruas da capital inglesa com seus chapéus ostensivos, que enfeitavam penteados volumosos.
A Girl’s Own Paper, em edição publicada no ano de 1911, ensinou, passo-a-passo, os três principais penteados da moda – o Penteado Clássico, o Recamier e o Psyche Knot. Confira abaixo.



O NOVO PENTEADO CLÁSSICO

(Fotos: Michaela de Bruce/Girl's Own Paper)

1. O primeiro passo para fazer o Penteado Clássico é escovar todo o cabelo para trás, cuidando para que todo emaranhado seja removido. Se o cabelo é liso, separe-o um pouco à esquerda da parte central da frente. Inicia-se na testa e continua ao topo da cabeça.
2. É feita outra separação, começando na linha da primeira divisão, dois centímetros atrás da testa. Esta segunda separação desce para a lateral da cabeça e termina atrás da orelha esquerda. Depois o cabelo é novamente dividido, a primeira separação iniciando deste lado, em paralelo a primeira.
(Fotos: Michaela de Bruce/Girl's Own Paper)

4. Primeiro a divisão inferior no lado esquerdo é escovada e transformada em um pompadour [topete volumoso]. É mantida no lugar com um pente lateral. Depois a porção da frente é presa para cima. A segunda ilustração mostra como isto é feito. A ilustração acima mostra como prender o lado direito do pompadour. Apenas uma divisão é feita na lateral, entretanto.
5. Esta primeira imagem mostra como fazer os cachos. As pontas do pompadour servem este propósito. Estas pontas longas são divididas em várias pequenas mechas. Cada mecha é enrolada na ponta de dois dedos, na direção da cabeça, até que todo o cabelo esteja preso. O cacho é preso por dois grampos, um em cada extremidade.
(Fotos: Michaela de Bruce/Girl's Own Paper)

6. Cada mecha faz um cacho, e deve-se tomar cuidado no momento de prendê-los de forma a arrumá-los graciosamente. A forma do cacho deve ser como o pysche knot para estar bem à moda. A ilustração acima mostra o cabelo após terem sido feitos todos os cachos e antes da parte de trás ser dividida em duas.
7. A parte de trás do cabelo deve ser dividida em duas partes iguais. A divisão direita é torcida apenas para torná-la cacheada o suficiente. É então trazida para a lateral esquerda, enrolada ao redor do pompadour a dois centímetros dos cachos deste lado, mas próxima dos cachos ao lado direito, onde é seguramente presa por um grampo invisível.
8. Se a parte de trás do cabelo é longa o bastante para cercar os cachos, a divisão lateral deve também começar da lateral esquerda. Se o cabelo é curto, o cacho deve cruzar a parte de trás e iniciar da lateral direita. Este segundo cacho deve estar para fora do primeiro cacho no lado direito, e para dentro à esquerda, cruzando-se na frente.
(Fotos: Michaela de Bruce/Girl's Own Paper)

9. Este ângulo mostra o Penteado Clássico completo, ornamentado somente por uma grande e linda tiara que prende os cachos e mantém o cabelo firme.
10. Uma tiara de lantejoulas brilhantes e coloridas, em forma de trança dourada e decorada com fivela do mesmo material, é um acessório encantador.
11. Tiaras gregas são elegantes.

O RECAMIER


A mulher com um penteado elegante é como a mulher que se veste bem. Ela evita extremos. Para ter seu cabelo à moda ela dispensa o pompadour grande e os cachos exagerados, mas, em vez disso, prefere o pompadour pequeno e alguns poucos e lindos cachos. Seu objetivo é que o cabelo transmita naturalidade, e por isso ela se interessará pelo novo estilo Recamier.
Embora o Recamier seja o penteado mais em voga do momento, diferentemente de outros estilos, é o único o qual a mulher pode arrumar sozinha e apenas com seu próprio cabelo. Tenha a mulher muito ou pouco cabelo, ela pode fazê-lo de forma elegante, se souber como. Nesta lição é explicado como o penteado Recamier pode ser feito com pouco ou muito cabelo, de maneira igualmente satisfatória.
(Fotos: Michaela de Bruce/Girl's Own Paper)

1. Para fazer o penteado Recamier, deve-se primeiro escovar o cabelo cuidadosamente. Divida-o fazendo uma separação do topo da cabeça para a testa, e outra vez separando dois lados, que vai da divisão central a dois centímetros atrás da testa e um centímetro atrás da orelha.
2. Em seguida, escove todos os cabelos para frente. Penteie-o suavemente e divida-o em três mechas iguais. Cada mecha é puxada para trás e presa no topo da cabeça com um grampo. Faça primeiro a mecha de um lado, depois do outro, e, por fim, a da frente. Grampeie cada uma separadamente.
(Fotos: Michaela de Bruce/Girl's Own Paper)

3. Para garantir um pompadour como este da foto, evite utilizar o rolo de pompadour onde o cabelo é grosso o bastante para permanecer no lugar. Preso o pompadour, o próximo passo do penteado Recamier é fazer os cachos.
4. Cada cacho é feito enrolando uma mecha de cabelo na ponta de dois dedos, iniciando do final da mecha. Quando todas as mechas forem enroladas, prenda os cachos ao topo da cabeça com dois grampos nas duas extremidades inferiores.
(Fotos: Michaela de Bruce/Girl's Own Paper)

5. Deve-se tomar cuidado para que os cachos não sejam demasiado densos. A mulher com pouco cabelo deve fazê-los com a parte da frente e a de trás. Mas a mulher com muito cabelo deve fazê-los somente com a porção da frente. A parte de trás ela utiliza para fazer o enrolado mostrado nesta ilustração.
6. Para fazer este enrolado, a parte de trás do cabelo deve ser dividida em duas. A divisão esquerda é torcida para trás e trazida para o lado direito e presa por grampo. O mesmo deve ser feito com a metade direita, apenas traga-a para o lado esquerdo.

O SOFT POMPADOUR E O PSYCHE KNOT
(Fotos: Michaela de Bruce/Girl's Own Paper)

1. Após desembaraçar o cabelo, divida-o da testa à parte de trás, passando do centro ao topo da cabeça.
2. Uma segunda e terceira separações são feitas. A segunda inicia na linha da primeira separação, a cerca de dois ou meio centímetro da testa. Continua para o lado esquerdo da cabeça e termina um centímetro atrás da orelha. A terceira separação é como a segunda, iniciando do mesmo ponto, terminando um centímetro atrás da orelha direita.
(Fotos: Michaela de Bruce/Girl's Own Paper)

3. O cabelo tem agora três divisões, as duas da frente e a porção da parte de trás. Antes de fazer o pompadour, todo o cabelo da parte posterior deve ser cuidadosamente penteado e preso para trás. Agora o pompadour pode ser feito. Primeiro alise o lado esquerdo, escovando para frente, depois para cima e finalmente para trás na forma pompadour. Prenda-o no topo da cabeça com grampo.
4. Em seguida, a lateral direita do cabelo é alisada, escovada e presa seguramente ao topo da cabeça, próximo à lateral esquerda. Esta ilustração mostra o lado direito do cabelo sendo grampeado.
(Fotos: Michaela de Bruce/Girl's Own Paper)

5. Agora o cabelo está pronto para fazer o psyche knot. Escove as pontas do pompadour, solte os cabelos da parte de trás e penteie-os. Escove o cabelo para cima de maneira que este possa ser preso por uma fita, próximo à cabeça, mas dois centímetros acima da nuca. Após prender o cabelo, torça-os para formar os cachos. (...)
(Fotos: Michaela de Bruce/Girl's Own Paper)


7. Prenda os cachos com três grampos, como mostrado na quinta ilustração.
(...)
8. Um acessório bastante atraente para a noite é a tiara de veludo dourado.



Originalmente publicado na revista The Girl’s Own Paper – Londres, 1911. Digitalizado por Michaela de Bruce. Traduzido do original em inglês por Rafaella Britto.

Império Retrô

Criado em 2010 por Rafaella Britto, o blog Império Retrô aborda a influência do passado sobre o presente, explorando os diálogos entre moda, arte e sociedade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário