Um retorno ao glamour: segredos e técnicas de beleza dos anos 1930


Por Gabriela Lira, autora convidada –

Os anos 1930 marcam o auge de figuras de beleza notável, como Greta Garbo, Marlene Dietrich, Jean Harlow e Mae West. Confira as dicas para reproduzir o visual das musas de Hollywood.

Jean Harlow e Mae West (Foto: Reprodução)

Sobrancelhas
As sobrancelhas eram muito valorizadas nessa época. Assim como em 1920, era comum a retirada de praticamente todos os pelos e, com o lápis, criava-se uma linha com formato arqueado, alto, arredondado e de espessura fina. Por cima do novo desenho era aplicada uma pequena camada de vaselina, que dava brilho e ajudava a selar o desenho.

Carole Lombard e Marlene Dietrich (Foto: Reprodução)

Rosto
A região da maçã do rosto seguia duas tendências principais: a ‘cheekbones’ e o modo tradicional de se aplicar rouge. A primeira técnica ficou popular graças à atriz alemã Marlene Dietrich, que usava o blush aplicado lateralmente e com maior profundidade. Para alcançar o efeito marcado, Marlene retirou seus molares com intuito de deixar o osso da maçã mais aparente e usava também uma cor de blush mais escura no contorno da bochecha.
Já o segundo método consistia em aplicar o rouge concentrado nas bochechas e deixá-lo com formato arredondado. As cores mais populares de rouge eram o pêssego e o pink.

Greta Garbo e Vivien Leigh (Foto: Reprodução)

Olhos
Diferentemente dos anos 1920, os olhos de 1930 são bem menos dramáticos. Cores como o azul, verde, dourado, rosa e marrom eram as favoritas das mulheres da época. Os cílios eram alongados, tanto em cima como embaixo, e fazer um delineado fino rente aos cílios superiores se tornou uma prática.

Hedy Lamarr e Carole Lombard (Foto: Reprodução)

Boca
As cores de batons mais usadas eram o vermelho e o framboesa. O estilo Cupid's Bow, famoso na década anterior pela atriz Clara Bow, foi substituído por um contorno mais natural e redondo. Os lábios superiores costumavam ser mais volumosos e compridos, em contrapartida aos inferiores, que eram mais finos e curtos.

Império Retrô

Criado em 2010 por Rafaella Britto, o blog Império Retrô aborda a influência do passado sobre o presente, explorando os diálogos entre moda, arte e comportamento.

Nenhum comentário:

Postar um comentário