A Rússia Imperial em fotografias coloridas

Por Rafaella Britto

Entre os anos de 1909 e 1915, o fotógrafo Prokudin-Gorskii documentou a multiplicidade cultural do Império Russo em fotografias coloridas, expostas em 2014 no Zadkine Museum, em Paris. Prokudin-Gorskii formou-se como químico, e desenvolveu as primeiras patentes da projeção de filmes em movimento, e as técnicas para as primeiras fotografias a cores.    

Foto: Reprodução/Prokudin-Gorskii

Dois eventos foram decisivos para a história da Rússia: a Primeira Guerra Mundial (1914-1918) e a Revolução de 1917. O assassinato do czar Nicolau II e demais membros da dinastia Romanov, durante a Revolução, representou a queda do Império.
Após a morte do czar e sua família, Prokudin-Gorskii estabeleceu-se em Paris, onde veio a falecer no ano de 1944.

Foto: Reprodução/Prokudin-Gorskii

As mais de 2000 fotografias são registros históricos de um reino perdido, uma vez que grande parte das construções documentadas foi destruída durante a Revolução Bolchevique. As imagens, preciosos retratos do tempo, registram a diversidade étnica do terceiro maior império da história, que cobria o Leste Europeu, a Ásia Central e a América do Norte.

Foto: Reprodução/Prokudin-Gorskii

Foto: Reprodução/Prokudin-Gorskii

Foto: Reprodução/Prokudin-Gorskii

Foto: Reprodução/Prokudin-Gorskii

Foto: Reprodução/Prokudin-Gorskii

Foto: Reprodução/Prokudin-Gorskii

Foto: Reprodução/Prokudin-Gorskii

Foto: Reprodução/Prokudin-Gorskii

Foto: Reprodução/Prokudin-Gorskii

Foto: Reprodução/Prokudin-Gorskii

Foto: Reprodução/Prokudin-Gorskii

Foto: Reprodução/Prokudin-Gorskii

Foto: Reprodução/Prokudin-Gorskii

Foto: Reprodução/Prokudin-Gorskii

Foto: Reprodução/Prokudin-Gorskii

Foto: Reprodução/Prokudin-Gorskii

Foto: Reprodução/Prokudin-Gorskii

Foto: Reprodução/Prokudin-Gorskii

Foto: Reprodução/Prokudin-Gorskii

Foto: Reprodução/Prokudin-Gorskii

Foto: Reprodução/Prokudin-Gorskii

Foto: Reprodução/Prokudin-Gorskii

Foto: Reprodução/Prokudin-Gorskii

Leon Tolstói (à direita)
Foto: Reprodução/Prokudin-Gorskii

Foto: Reprodução/Prokudin-Gorskii

Foto: Reprodução/Prokudin-Gorskii


Fontes e referências bibliográficas: 

Império Retrô

Criado em 2010 por Rafaella Britto, o blog Império Retrô aborda a influência do passado sobre o presente, explorando os diálogos entre moda, arte e comportamento.

2 comentários:

  1. Essa foto do Tolstói é muito amor *-* lindo...Lindo demais <3

    Tudo tão colorido. A arquitetura dos lugares é incrível ♥ apaixonada. Que bom que mesmo depois de tanto tempo tenha sobrevivido algo. Seria muito triste se as recordações do Império Czarista tivesse se perdido.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade! E que bom que homens como Gorskii nos deixaram registros do Império Czarista.

      Excluir